segunda-feira, 26 de junho de 2017

Um dia de cada vez






Nós fazemos planos para o futuro, sofremos por antecedência, imaginamos diálogos, imaginamos situações, nos frustramos porque nossos planos perfeitos não vingaram, e por isso fazemos outros planos, e imaginamos como seria bom se o novo plano desse certo, enquanto a vida vai passando, e a gente correndo atrás do vento, e os dias vão passando e a gente sofrendo, lutando, trabalhando, e os ponteiros do relógio vão girando, e nosso corpo vai mudando, vai cansando, e ufa! Não chegamos em lugar nenhum...
A felicidade, acabamos descobrindo depois de muito penar, não está em lugar nenhum, ela não está enterrada debaixo de um coqueiro, numa ilha deserta, guardada numa arca que só o mapa que está na perna de pau do capitão Flint tem a localização.
E se em uma fantasia, encontrássemos essa arca que nos mostrasse essa tal felicidade, com certeza, dentro da arca estaria um espelho.
A felicidade deveria estar dentro da gente! Ela deveria ser o prazer de dar amor a quem se ama, e receber amor de quem se ama, e compartilhar sua vida com quem se ama. Se apaixonar pela namorada, pela esposa, pelos filhos, pela mãe, pelos irmãos, pelo cachorro, pela vida!
A felicidade deveria ser a chave para viver um dia de cada vez! Cronologicamente, um dia de cada vez. Sonhando e fazendo planos sim, mas com consciência de que tudo virá ao seu tempo, e a vida se encarregará, juntamente com o tempo, de cooperar a seu favor, se você tiver paciência em suas lutas, vivendo felizmente cada dia, sem se render as frustrações.
Dez em cada dez suicidas se frustraram com a vida. Não souberam lidar com os problemas do dia a dia, não entenderam que sonhos podem ou não ser realizados, se enfiaram em poças de lama, cavando cada vez mais pra baixo, se enrolando cada vez mais, e, não souberam detectar os amores à sua volta. Dez em cada dez suicidas, não entenderam que a vida é assim mesmo, cruel e doce, revolta e tranquila...
Não existe outro caminho à felicidade que não seja o amor ao próximo, o desprendimento de nossos egos, a humilhação pessoal, o entendimento de que ninguém é melhor que ninguém, começando da gente. Quando entendermos isso, os dias vão clarear, os sorrisos vão brotar mais facilmente em nossas faces, a vida vai ser mais fácil de ser vivida, e certamente faremos mais amigos, mais laços de companheirismo, e traremos mais paz ao nosso coração, e assim, viveremos nossa vida, um dia de cada vez, dias cruéis e dias doces, dias revoltos e dias tranquilos, do jeitinho que Deus inventou.






20 comentários:

  1. Precisamos que seja entendida essa mensagem linda que passas aqui! Tanta verdade nela! Adorei! ( gostei da ideia dos pães de queijo, café, por lá,rs) abração,chica

    ResponderExcluir
  2. Bom dia amigo André, sim, bem escrito e entendido, a felicidade começa bem dentro de nós mesmos, estando de bem com a própria vida, sentindo a cada momento a bênção de poder viver cada dia ao seu dia!
    Lições de ânimo, de fé, de coragem.
    Amei ler aqui, que bom que estás mesmo de volta, amo te ler e te receber lá no meu espaço. Obrigada.
    Abraços apertados.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade Ivone! E obrigado por ser tão gentil!

      Excluir
  3. Um texto muito bonito, uma mensagem a merecer uma reflexão.
    Sabe de uma coisa, amigo? Eu penso que a felicidade não está nos outros, nem tão pouco nas coisas que ambicionamos. Eu penso que a felicidade está dentro de nós, é um estado de alma. E tudo o resto chega à nossa vida de acordo com aquilo que sentimos.
    Um abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também penso assim Elvirinha.

      Excluir
  4. É isso ai, meu amigo!
    Cada um dia é um dia!
    Dia de luz, de alegria,
    De dor e dia do castigo.

    Novo dia e dia antigo!
    Dia que a luz alumia,
    Dia de treva vazia,
    Dia opaco e de perigo

    Ou vem a luz e o calor
    Ou vem o frio sem pudor
    Ou vem o morno sem vida.

    O importante é repor
    Sempre mais amor
    A tudo - como saída.

    Grande abraço. Laerte.

    ResponderExcluir
  5. Realmente André cada um com suas expectativas, umas utópicas outras realizáveis.
    Por isso : Os sonhos.
    Sim os sonhos - Como são bons os sonhos que nos fazem viver fantasias que em alguns casos podem se concretizar e em outros se dissipar como a nevoa.
    Por isso a diferença do homem que sonha sabendo que sonha e do homem que confunde o sonho com realidade.
    É salutar sonhar.

    ResponderExcluir
  6. Mais um adendo: Bela sua reflexão, e (Um dia de cada vez) já mostra um pouco de seus sonhos e se sonhas é muito bom, principalmente fazendo os outros pensarem.
    Abraços.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Um dia de cada vez, é o segredo...

      Excluir
  7. Perfeita, bela mensagem, meu caro. A felicidade não pode ser "coisificada".

    ResponderExcluir
  8. Certíssimo. A felicidade que muitos creem existir não passa de uma quimera. Porque ela não é escandalosa, grandiosa, exuberante. a felicidade é simples, é ser simples!

    Amei.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O difícil é ser simples!!!!!

      Um abração!

      Excluir
  9. Eta, André! Vc arrasa com seus escritos. Maravilhosas suas palavras. A vida é tudo o que vc põe aí! Passamos a vida toda correndo atrás de algo, tentando, tentando...de repente, o tempo passa, a saúde já não é tão boa, o vigor de outrora, ficou lá atrás...ou nos ventos...no tempo! O segredo é viver cada dia, sem se atormentar tanto com as coisas. Amigo, belos dias e que Deus te proteja sempre!

    ResponderExcluir
  10. Olá td bem por aqui,vim conhecer seu
    espaço e já vou ficando adorei o texto
    muito bem escrito parabéns pelo belo post
    E aproveito para te convidar para
    uma brincadeira, no meu Blog, vai gostar
    espero vc

    Abraços com carinho!

    └──●► *Rita!!

    ResponderExcluir

Obrigado pela sua visita e pelo seu comentário, volte sempre!